• Sage

BARREIRAS LINGUÍSTICAS: COMO O IDIOMA AFETA O SEU NEGÓCIO?



Quando adentramos em um mercado exterior, uma das primeiras barreiras que temos que enfrentar é o idioma. Seja para ofertar produtos adequados às normas sanitárias ou pela necessidade de fomentar boas relações e contato com clientes em prestações de serviços, as quais exigem um cuidado maior com as etapas de fidelização e pós-venda, a linguística demonstra-se essencial para aqueles que querem uma alternativa simples, porém eficiente, para muitas questões produtivas e de marketing.


A adequação idiomática, geralmente vista como simplesmente uma coisa desnecessária que para muitos não carrega tanta importância, é uma ferramenta que é uma grande aliada no processo de inserção de produtos no mercado internacional, mais do que adequar a produção de embalagens ou fomentar propagandas, ela também pode ser base de aquisição de conteúdos e aprendizados sobre novos mercados.


A seguir elaboramos alguns desses pontos e outros mais para te mostrar como uma tradução ou adequação linguística de um produto podem favorecer o seu produto no exterior:


A ADEQUAÇÃO DE EMBALAGENS DE PRODUTOS


Caso trabalhe com a produção e exportação de produtos, uma das partes que pode possuir importância no processo de regularização de um produto é a embalagem. A embalagem tem várias funções, entre elas dispomos de três principais: a conservação, a proteção e a informação.


É praticamente consenso entre as agências reguladoras de todos os países, as quais, geralmente, ficam dentro da atuação de seus respectivos ministérios da saúde em casos de produtos alimentícios, que certos padrões de qualidade precisam ser seguidos para a obtenção de produtos de maior qualidade que não prejudiquem o consumidor final.


Nisto, por mais que focos como a segurança e a preservação do produto após a viagem sejam padrões estipulados com grande importância para a aceitação de um produto em um mercado estrangeiro, uma característica igualmente importante pouco abordada é a da capacidade informacional.


É necessário que o consumidor final tenha acesso às informações fundamentais sobre o produto e seu uso, além de, nos casos de produtos alimentícios, também ser necessário a declaração da composição química na tabela periódica, sempre no mesmo idioma do país de destino, pois é comum que as agências sanitárias e de qualidade de produtos tendam a ter seus idiomas oficiais em embalagens como um requisito essencial para aprovação.


Em alguns países, informações adicionais podem ser requisitadas. Neste caso, deve-se procurar estudar as variações da legislação do país-alvo para determinar a melhor estratégia para produzir a embalagem de forma mais eficiente, tanto relativamente a produção quanto ao grau informacional oferecido ao consumidor final.


A TRADUÇÃO COMO FERRAMENTA DE MARKETING


Mais do que um envoltório para um produto, a embalagem também é um display da sua marca. Nela, imagens, frases e outros conteúdos podem ser elaborados para criar uma identidade de marca, influenciar quem visualiza a comprar o produto, proporcionar embalagens características de acordo com tendência regional de consumo ou permitir embalagens especiais e únicas para campanhas publicitárias.


Primeiramente, a identidade de marca é o que cria o reconhecimento. É uma característica, seja ela imagética ou textual, que será associada à empresa. Sendo assim, elaborar conteúdo estratégico visando essa identificação do público é essencial. Em casos que essa construção se baseia em aspectos textuais, como lemas, sentenças ou nomes, uma localização ou adequação cultural para um mercado estrangeiro pode trazer melhores resultados. Isto ocorre principalmente quando a marca é desconhecida e tem pouca reputação.


O próximo fator, a influenciação à compra, é outro aspecto que pode ser explorado para melhorar as vendas. É comum pensar no marketing como uma ferramenta mais indireta de criar a vontade de consumir um determinado produto, mas ela pode ser mais direto e incisivo também. Há inclusive estudos sobre como a construção imagética e textual, dependendo do contexto, podem ser armas poderosíssimas na criação do desejo. Sendo uma "tela em branco" para este tipo de elaboração, caso a comunicação textual seja elencada no processo, o texto na embalagem seria mais uma área que tornaria a adequação linguística e cultural essencial.


Como efeito complementar, as estratégias acima podem ser amplificadas com o uso de abordagens que se aprofundem ainda mais nas especificidades culturais do mercado-alvo. Quando as tendências gerais de mercados que estamos acostumados diferem muito de um novo desafio que é enfrentado, tentar entender como as variações culturais podem impactar suas técnicas de influenciação pode ser a diferença entre o sucesso e o fracasso de uma campanha.


Além disso, mesmo marcas grandes podem sofrer com a adequação idiomática em campanhas especiais de abrangência internacional. Às vezes, tentar unificar uma campanha única internacionalmente pode esbarrar em diferenças regionais que tenham impacto negativo em certas regiões do globo. Nesse tipo de situação, a tradução pode servir como uma ferramenta de adaptação em diversos cenários, promovendo uma previsibilidade estratégica que poderia ser utilizada depois.


O CONTATO COM CLIENTES ESTRANGEIROS NO EXTERIOR


Fora do campo da venda de produtos, quanto à venda de serviços, clientes tendem a reter uma importância maior. Nestes casos, desenvolver meios de fidelização de clientes é uma coisa de extrema importância. Aprofundando-se ainda mais na questão da prestação de serviços, quando envolvemos situações de Business to Business (quando uma empresa presta serviços a outra empresa), a fidelização de clientes é ainda mais essencial, pois cada contrato vale muito e conseguir novos clientes tende a ser difícil.


Mas o que isso tem a ver com produção textual, linguística e tradução? Para poder fidelizar um cliente é necessário poder suprir suas necessidades previsíveis e imprevisíveis. Sendo assim, principalmente no segundo caso, a manutenção de canais e portais de comunicação eficientes é necessária.


Muitas vezes eles buscam apenas informações iniciais que podem ser obtidas em um site ou em uma rede social e dispensariam reuniões presenciais ou virtuais em outro idioma, bastando apenas que esses portais tenham acesso fácil e sejam eficientes para solucionar as dores dos clientes.

Por isso, a tradução e o uso da linguística na produção textual devem receber foco, para proporcionar o ambiente mais otimizado possível para resolução de dúvidas do cliente.


Por fim, a criação destes portais poderia ser utilizada em conjunto com campanhas de marketing direcionado em massa, de forma a criar novas perspectivas de obtenção de leads através de um maior impacto sobre pessoas que de outra forma não seriam atingidas por campanhas publicitárias.

Assim, campanhas orgânicas de prospecção passiva podem ser elaboradas para permitir que pessoas que tenham os mesmos problemas que seus clientes, ao procurarem pela solução na internet, também encontrem o seu site e os seus serviços. Isto é especialmente bom para obtenção de clientes estrangeiros que tenham interesse em negócios no Brasil, ter uma versão de plataformas e sites em línguas como o Inglês e o Espanhol seria um grande passo para facilitar a chegada desses possíveis clientes.


COMO TRADUZIR E ADEQUAR?


Não tem experiência em adequar as embalagens de seus produtos ao idioma e às normas alfandegárias do país que quer exportar? Queria traduzir seu site para poder facilitar o contato com clientes de outro país? Caso não tenha as técnicas necessárias para tais objetivos, nós da Sage podemos te ajudar! Oferecemos serviços de prospecção de fornecedores; tradução de documentos e sites; e adequação de embalagens para empresas que queiram adentrar no mercado internacional. Venha conhecer nossos serviços! Nos contate aqui.

10 visualizações0 comentário